Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / CPI UPA decide manter sigilo nas oitivas

CPI UPA decide manter sigilo nas oitivas

por Diretoria de Comunicação publicado 01/03/2018 17h30, última modificação 14/03/2018 17h08
A vereadora Janete Aparecida é a porta-voz da Comissão para divulgação de informações
 CPI UPA decide manter sigilo nas oitivas

Trabalhos da CPI UPA prosseguem

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) iniciou o processo de agendamento, notificação, apuração e investigação das denuncias, envolvendo a Unidade de Pronto Atendimento Padre Roberto (UPA 24 horas) junto da gestora Santa Casa de Formiga.

Na tarde de quinta-feira (1º), durante a terceira reunião, os membros da Comissão decidiram que as oitivas serão restritas.

Baseado na Lei de Acesso à Informação n. 12.527, a vereadora Janete Aparecida (PSD) será a porta-voz da Comissão e reportará as informações e outros dados.

Sobre a publicidade relacionada às oitivas, os assuntos deverão ser ponderados e avaliados, uma vez que sua disseminação poderá afetar a efetividade dos trabalhos. A decisão se baseia no entendimento de que a divulgação prévia descaracteriza a investigação e expõe indevidamente pessoas ouvidas, deixando-as vulneráveis e correndo riscos desnecessários.