Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Resumo da 38ª Reunião em 28-06-2018

Resumo da 38ª Reunião em 28-06-2018

por Diretoria de Comunicação publicado 28/06/2018 16h56, última modificação 28/06/2018 16h56

Durante a 38ª reunião da Câmara, fez uso da Tribuna Livre, Fabrício Rayner Miranda de Andrade que reivindicou infraestrutura para a Rua Marajoaras no bairro Candidés para que condomínio no fim do bairro possa receber transporte coletivo.

Projetos que foram incluído e aprovados:


PLEM 35/2018 - Projeto de Lei Ordinária do Executivo Municipal - AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A ABRIR NA PROCURADORIA, NA SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRONEGÓCIOS E NA SECRETARIA MUNICIPAL DE OPERAÇÕES URBANAS, O CRÉDITO ADICIONAL SUPLEMENTAR NO MONTANTE DE R$1.000.000,00 (UM MILHÃO DE REAIS). 

Autor: Prefeito Galileu Machado

 

PLEM 36/2018 - Projeto de Lei Ordinária do Executivo Municipal - DISPÕE SOBRE A AUTORIZAÇÃO PARA A PARTICIPAÇÃO DO MUNICÍPIO DE DIVINÓPOLIS NO CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE ATERRO SANITÁRIO DO CENTRO OESTE MINEIRO – CIAS CENTRO OESTE, E RATIFICA O PROTOCOLO DE INTENÇÕES FIRMADO PELO MUNICÍPIO DE DIVINÓPOLIS /MG, NOS TERMOS DA LEI MUNICIPAL Nº 7.838, 26 DE JUNHO DE 2014.

Autor: Prefeito Galileu Machado

 

Confiram resumo dos pronunciamentos:

 

Adair Otaviano

Vereador Adair Otaviano (MDB) - Presidente

Disse que o pedido do Tribuno Fabrício Rayner é muito simples. Que o bairro cresceu e a população apenas quer ser atendida com transporte coletivo. São 600 famílias que serão atendidas e não entende porque o ônibus não pode passar pela via, apenas porque ela não pavimentada, já que isto ocorre em vários outros pontos da cidade. Pediu que o Prefeito e o Secretário Valdo mudem o itinerário do ônibus e se necessário que preparem a rua com cascalhamento. Parabenizou os moradores do Quilombo pela mobilização e destacou que sempre luto para não levar lixão para perto de comunidades rurais porque prejudica suas atividades de pecuária e agricultura. Destacou que participou de várias manifestações para não permitir esse tipo de situação, impedindo a ida para os Costas e depois para o Quilombo. Informou que vereadores vão votar projeto que manda o lixão para outra localidade, não prejudicando os divinopolitanos. Pediu que sejam executadas as obras de infraestrutura do PAC que ainda estão paradas para atender os bairros mais afastados. Pediu que o prefeito inclua a cidade no PAC 18 para pavimentar os bairros Cidade Jardim,Nossa Senhora das Graças e Nova Holanda.

 

 Josafá

Vereador Josafá (PPS) – Vice Presidente

Disse que vários bairros não tem pavimentação e são atendidos por linhas de ônibus e que por isso não concorda com as reposta da SETTRANS que se recusa a colocar ônibus para atender moradores do residencial Candidés. Informou que existe impasse na ponte do Gafanhoto que impede a duplicação da MG 050 no projeto original e ficou triste com o Secretário de Estado, da SETOP que estava nervoso e gritando com a comitiva divinopolitana sem resolver o problema. Pediu apoio dos deputados divinopolitanos. Disse que retiraram o abrigo de ônibus da Sete de Setembro e apresentou sugestões que não estão sendo atendidas pela SETTRANS e parece implicância com moradores do bairro Afonso Pena. Criticou as valas abertas por empreiteiras nas ruas da cidade que poderão gerar problemas no período chuvoso e informou que apresentará lei obrigando a recomposição das vias com massa asfáltica e que a pedras retiradas retornem para a Prefeitura. Manifestou apoio para a Chapa 1 que disputa eleições na ADORTRANS.

 

Janete

Vereadora Janete (PSD) – 1ª Secretária

Parabenizou os moradores do Quilombo pela mobilização que impediu a ida do aterro sanitário para o local. Afirmou para o Tribuno que infelizmente Vereadores não são executores e por isso será difícil ajudar na situação da Rua Marajoaras. Reclamou dos atrasos nas obras do Pró Transporte já que várias linhas de ônibus continuam sendo pavimentação. Informou que esteve reunida com dirigentes de entidades que representam os professores e criticou o executivo por não ter informado da situação do atraso nos repasses do Fundeb que já havia sido anunciado em abril e só agora os vereadores foram comunicados que a partir do próximo mês a classe pode ficar sem salário. Relatou que esteve no velório de uma criança de apenas sete meses que faleceu na UPA e que até agora apuraram que a criança foi atendida dentro do protocolo de Manchester. Denunciou sobrecarga no atendimento da unidade de saúde e que a área de ortopedia tem a maior demanda reprimida. Pediu fiscalização geral em toda a rede SUS no estado. Convidou população para participar da carreta de lazer do SESC, no sábado dia 30, durante encontro da Secretaria de Desenvolvimento Social. Parabenizou Aélida da escola Ilídio da Costa Pereira pelo Título de Cidadão Honorário.

 

Nonato

Vereador Nonato (PDT) – 2º Secretário

Disse que quem quer ter seu bairro atendido, com uma política pública, que não seja politicagem de falar mal dos outros que pode contar com seu apoio. Afirmou que não pode fazer ações que beneficiem apenas uma pessoa, que o trabalho tem que ser coletivo. Agradeceu o Deputado Fábio Avelar que ao seu lado entregou os ônibus para a Secretaria de Educação. Informou que se reúne nesta tarde com o Deputado Domingos Sávio para tratar de demandas do município. Destacou o currículo do seu homenageado com o Título de Cidadão Honorário, o Major Cândido.

 

DelanoVereador Dr Delano (MDB) – Destacou sua homenagem com Moção Congratulatória para o Dr. Wesley da Polícia Civil e com o Título de Cidadão Honorário o médico pediatra e ex-vereador Dr. Ruy Gripp Bauer. Destacou o legado de Dr Ruy, que com 81 anos de idade e 53 de medicina, ainda atende em seu consultório. Chamou a atenção dos Pré Candidatos da cidade para o fato de que a cidade paga para registro de imóvel, enquanto estado e União são isentos e pediu que os mesmos, se eleitos, trabalhem esta questão. Disse que vai ajudar todos os candidatos, colocando uma foto de cada candidato em seu carro, mas só os de Divinópolis. Disse que ano eleitoral se consegue tudo, rua, estrada, ponte e até retirar o lixo da cidade mas que depois de eleitos acaba tudo. Afirmou que como vão entrar muitos novos políticos, que vai ficar no pé igual chulé.

 

RogerVereador Roger Viegas (PROS) – Sobre a nota de repúdio recebida pela casa disse que foi mal interpretado e não mandou recado. Ressaltou que é importante o trabalho que a Vivo está fazendo na cidade, ampliando sua rede, mas que não concorda com os buracos que estão sendo feitos em vias públicas e estão sendo cobertos. Disse que na Rua Vereador José Constantino Sobrinho no bairro Danilo tem vários postes apagados e que ao ir na KPL para descobrir o que estava acontecendo e foi informado que a Vivo está cortando a fiação das ruas e por isso a iluminação está sendo prejudicada. Os funcionários das empreiteiras estariam cortando por medo de tomar choque. Destacou os transtornos gerados para a população.

 

AdemirVereador Ademir (PSD) – Destacou que o Movimento “No Quilombo não” já pode comemorar porque não existe mais possibilidade de o aterro sanitário ser instalado no local. Lembrou que os prazos foram perdidos e em conversa com o Galileu o mesmo garantiu que a autorização não seria renovada, o que foi compromisso de campanha. Informou que novas alternativas foram buscadas e a solução a ser adotada será participar de um consórcio intermunicipal, com várias cidades da região e para a cidade fazer parte basta apenas a aprovação dos vereadores, na votação do projeto que irá a plenário nesta tarde, caso incluído na Ordem do Dia.

 

SargentoVereador Sargento Elton (PEN) – Falou da sua satisfação em receber convite da Câmara de Caxambu para estar na Frente de Prefeitos Mineiros, onde falou sobre a CPI da COPASA que presidiu em Divinópolis e está servindo de modelo para outras cidades. Disse que relatou como foram conduzidos os trabalhos até chegar ao decreto que sustou a cobrança da taxa de esgoto, embora não tenha sido obedecido pela empresa. Criticou os trabalhos da empresa que considera usurpadora. Pediu reunião entre Prefeito e Vereadores, com a presença do Ministério Público para tratar do assunto já que o contrato beneficiou apenas a empresa. Acusou o Supremo de aproveitar que a população e a imprensa estão focados na Copa para soltar os que foram presos por corrupção. Pediu atenção da população ao processo eleitoral para que sejam escolhidos políticos que vão mudar as leis do país. Denunciou que a tarifa do transporte coletivo tem o mesmo preço em Divinópolis e Belo Horizonte. Criticou também o valor do pedágio na rodovia MG 050.

 

CleitinhoVereador Cleitinho (PPS) – Parabenizou moradores do Quilombo pela conquista do fim da proposta do aterro sanitário ser instalado no local. Disse que não tem rabo preso com as empresas de transporte e que vereadores pedem ônibus emprestado para atender a população e por isso não tem como cobrar depois. Pediu que os vereadores também possam fazer parte do COMUTRAM e criticou o fato de o conselho só aparecer nos aumentos da tarifa. Questionou porque a passaginha ainda não reduziu se o Diesel reduziu. Criticou a campanha do agasalho porque a Trancid está repassando apenas o que a população doou. Pediu passe livre para doentes renais. Criticou quem defende a Trancid porque recebe dela. Criticou o Ministro Gilmar Mendes por soltar José Dirceu. Criticou quem diz que pra ganhar política tem que ter grupo e falou que o líder do Grupo do Lula é ele e está todo mundo preso.

 

NegoVereador Nêgo do Buritis (PEN) – Informou que esteve reunido com o outros vereadores no Ministério Público para tratar do decreto que acabou com a cobrança da taxa de esgoto e acredita que com o apoio do MP será feito todo o possível para suspender a cobrança. Denunciou a falta de água na zona rural, na região do Córrego do Paiol e pediu que o prefeito resolve o problema como havia prometido. Disse que a prioridade hoje é o pagamento dos professores.

 

 

 

EduardoVereador Eduardo Print Jr (SD) – Criticou a demora na conclusão do Pró Transporte que vem prejudicando os moradores de bairros mais afastados como Grajaú e São Simão que aguardam as obras de infraestrutura. Informou que viabilizou recursos para pavimentações que ainda não terminaram. Destacou a mobilização do Quilombo que pede a votação do projeto que autoriza a inclusão do município em Consórcio para destinação do lixo, acabando definitivamente com a possibilidade de o mesmo ir para a comunidade rural. Sugeriu lei para transformar o atual lixão em reserva ambiental para que o solo posso se recuperar. Convidou para o evento Trêm Bão, Festival Gastronômico que vai acontecer no fim de semana no Espaço Da Vinci.

 

RenatoVereador Renato Ferreira (PSDB) – Informou que vereadores estão com moradores do Quilombo. Disse que conseguiu com o Deputado Domingos Sávio uma emenda para pavimentação da Rua Marajoaras conforme reivindicou o tribuno e informou que também foi atendido o pedido do Presidente Jota Batista para outras obras no Jardim Candidés. Falou que 22 milhões em recursos para obras estão parados por causa do denuncismo em Divinópolis, que são recursos do PAC onde não encontraram irregularidades mas deixaram as obras paradas por dez anos. Informou que conseguiu recursos para obra no bairro São José que estão travados por causa da burocracia da Caixa.