Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Resumo dos trabalhos da 52ª Reunião Ordinária de 2017

Resumo dos trabalhos da 52ª Reunião Ordinária de 2017

por Diretoria de Comunicação — publicado 12/09/2017 17h25, última modificação 04/12/2017 18h14
Resumo dos trabalhos da 52ª Reunião Ordinária de 2017

Resumo dos trabalhos da 52ª Reunião Ordinária de 2017

A 52ª Reunião Ordinária da Câmara de Divinópolis não contou com Projetos em pauta. Fez uso da Tribuna Livre o Sr Israel de Castro que pediu melhorias no transporte coletivo da cidade.   

Confiram o resumo dos pronunciamentos:

Roger

Vereador Roger Viegas (PROS) – Criticou de maneira veemente a empresa COPASA pela falta de água na cidade e disse que os vereadores não podem ficar omisso com o que está acontecendo. Pediu que os deputados usem de seu prestígio político para cobrar uma resposta mais clara por parte da empresa sobre o que está acontecendo já que quando não há falta de água, ela chega suja nas casas do Divinópolis. Reclamou também de omissão por parte do Prefeito Galileu Machado que não se pronunciou sobre o assunto. Pediu que divinopolitanos sejam ressarcidos dos prejuízos que a falta de água tem causado.

Josafá

Vereador Josafá (PSD) – Agradeceu a diretoria do Palmeiras e as pessoas que participaram das comemorações pelos 85 anos do clube divinopolitano. Convidou para reunião que acontecerá no Salão da Igreja de São Sebastião, dia 15, às 19h, onde a SETTRANS vai apresentar os projetos para o bairro Afonso Pena e as intervenções que deverão ser feitas no entorno da Rua Pedro Pires e outras. Informou que esteve visitando unidades de saúde e está incentivando a vacinação contra a febre amarela, HPV e meningite que já está disponível.

EduardoVereador Eduardo Print Jr (SD) – Solicitou um minuto de silêncio pelo passando de Luis Marcolino da Silva. Falou da importância da inovação na gestão pública, criticando o isolamento dos departamentos, baseado em estrutura hierárquicas ultrapassadas e que se destacam políticos que querem levar para a vida pública as práticas de sucesso na iniciativa privada para que a população seja atendida de maneira melhor. Afirmou que inovar é preciso porque não há expectativa de melhoria nos repasses por parte da União. Afirmou que sua fala foi feita para alertar sobre algo que vem acontecendo no pátio da Prefeitura onde a Secretária não conversaria com os servidores e estaria com maquinário sucateado ou estragando. Questionou a intenção de se leiloar os veículos em favor de se terceirizar o maquinário já que há informação de que o consertar os veículos seria mais vantajoso financeiramente para o município. Disse que servidores estão desmotivados pela forma arrogante como trabalha a Secretária de Obras.

EdsonVereador Edson Sousa (PMDB) – Falou sobre o reflexo da Rede Ferroviária na arte produzida em Divinópolis. Informou que a Prefeitura de Divinópolis irá fechar as Unidades Básicas de Saúde dos bairros São José, Ipiranga, Centro e Niterói. Sugeriu que seja feita uma passeata de protesto contra a COPASA e o serviço ruim que ele realiza em Divinópolis. Informou que pediu a construção de um reservatório/barragem no Córrego do Paiol para garantir abastecimento em época de seca e que a empresa não tem projetos para a cidade. Informou que protocolou na Câmara um projeto que penaliza financeiramente a COPASA pela falta de água na cidade. Criticou a aprovação da prestação de contas do ex-prefeito Vladimir Azevedo e que irá tomar providências já que acredita haver irregularidades.

Ze LuizVereador José Luis da Farmácia (PMN) – Convidou para a refletir sobre o fato de que as pessoas precisam uma das outras o tempo todo e que deveríamos ser mais solidários e gratos. Repudiou o que considera desrespeito por parte da COPASA para com a população de Divinópolis devido a falta de água que dura vários dias em diversos bairros da cidade. Pediu que todos se mobilizem para resolver este problema e convidou o Ministério Público a atuar junto aos vereadores para resolver o problema. Falou sobre o início da Campanha de Multivacinação e convidou a todos a se vacinarem nas unidades de saúde da cidade. Convidou para a Audiência Pública que acontece nesta terça-feira para tratar sobre Diviprev, Ajuste Fiscal e Garantias para Segurados Ativos. Parabenizou os militares do batalhão de trânsito de Belo Horizonte que apresentaram peça educativa em Divinópolis.

DelanoVereador Dr Delano (PMDB) – Falou da importância do Reinado como uma das maiores manifestações culturais de Divinópolis. Destacou a festa do Alto São Vicente e a participação da Vereadora Janete que mostrou ali toda sua religiosidade. Disse que Deus estava ali presente. Contou de sua história com o Reinado e que nunca participou de uma festa tão bonita. Destacou que pela primeira vez foram dois reis e que isto é inédito no Brasil. Falou do belíssimo respeito que as pessoas tem para com a coroa que representa a união das pessoas. Destacou os aniversários do Vereador Nêgo do Buriti, jornalista Roberto Pereira e Dona Maria Martins sendo que esta para ele é uma matriarca nata que completou 81 anos e é uma representante de todas as divinopolitanas. Destacou que se trata de uma pessoa que pede muito, mas para os pobres. Lamentou o falecimento de José Ramos, dono de bar na região do Niterói. Parabenizou pelo lançamento da revista de gastronomia do Jornal Agora.

Renato

Vereador Renato Ferreira (PSDB) – Lamentou o fechamento das Unidades Especiais de atendimento a Saúde que atendem diariamente um grande número de pessoas. Informou que irá elaborar documento pedindo que as mesmas sejam mantidas em funcionamento e pediu união dos vereadores nesta causa. Alertou que o encerramento destas unidades resultaria em cem pessoas a mais procurando a UPA que já se encontra sobrecarregada. Voltou a alertar para o fato de que a FAMBACCORD será despejada já que a entidade recebeu mais um ofício comunicando que deve deixar o espaço o mais rápido possível.

SargentoVereador Sargento Elton (PEN) - Falou sobre o evento da PM, Transitolândia, realizado no Teatro Usina Gravatá, pelo qual foi elogiado e apresento uma peça educativa para crianças. Defendeu investimento em educação para os jovens, inclusive, sobre o trânsito. Reclamou do estado de abandono em que se encontram as máquinas da prefeitura, que irão a leilão, ao invés de serem consertadas. Com isto, terão de optar pela terceirização, aumentando os custos. Comentou sobre a falta de segurança em nossa cidade, culminando com assassinato ocorrido dentro da UPA Padre roberto. Criticou a atuação da Copasa que não está conseguindo normalizar o abastecimento de água no município.

AdemirVereador Ademir (PSD) - Apoiou a fala do Tribuno Israel, sobre o problema do transporte coletivo, quando o mesmo defendeu a criação da tarifa bairro centro, para reduzir o valor da passagem. Elogiou o trabalho desenvolvido pelo Consórcio TransOeste, para arrecadar livros. Defendeu a recuperação de ruas, antes do período chuvoso. Comentou sobre família carente, residente no Quintino, que está sendo ajudada pela comunidade e também pelo Cras. Denunciou a péssima qualidade de asfalto feito pela administração anterior, na Região do São Roque e Campina Verde. Acesso à Região Oeste da Cidade. Comentou sobre a presença de animais peçonhentos em bairros da cidade. Também reclamou da Copasa, pela falta de abastecimento em alguns bairros da cidade.

NegoNêgo do Buritis (PEN) – Criticou o que considera falta de respeito por parte da COPASA ao não atender com eficiência o abastecimento de água. Denunciou bota fora irregular existente no bairro Itacolomi. Disse que conseguiu placas de alerta para tentar evitar que continuem descartando lixo de maneira irregular. Falou sobre a necessidade de evitar as queimadas que estão destruindo o meio ambiente na região. Pediu que as lideranças políticas da região votem contra a reforma da previdência. Informou que foi atendido com o patrolamento de parte da estrada de acesso ao Córrego do Paiol onde o transporte coletivo estava prejudicado e agradeceu as felicitações em razão de seu aniversário.

CleitinhoVereador Cleitinho (PPS) – Destacou a presença dos moradores do bairro Jardinópolis na Câmara, protestando contra a falta de água. Afirmou que a COPASA está afetando a dignidade da população e que ninguém mais aguenta esta empresa. Sugeriu uma CPI contra a empresa e diz que pior do que está não tem como ficar já que a empresa não trata esgoto e não consegue entregar água. Afirmou que uma bomba que estragou estaria provocando o problema e que a cidade deveria ter uma bomba reserva. Convidou a diretoria da COPASA a passar um dia no bairro Jardinópolis e ficar sem água. Pediu a rescisão do contrato com a empresa e informou que protocolou projeto obrigando a COPASA a divulgar em 48 horas os motivos de falta de água sob pena de multa. Convocou Prefeitura e Ministério Público a intervirem. Citou a cidade de Pará de Minas onde o contrato com a empresa foi rompido. Parabenizou os organizadores da parada LGBT.

NonatoVereador Nonato (PDT) – Destacou a peça educativa Transitolândia que desempenhou excelente trabalho educativo. Agradeceu ao Executivo pelo atendimento de suas indicações. Criticou a qualidade do serviço prestado pela COPASA e disse que além de cobrar do Executivo é importante cobrar também da ARSAE que é a agência reguladora do serviço e sugeriu a criação de um conselho para acompanhar as questões que envolvem a empresa, como o tratamento de esgoto e dar uma resposta para a população. Acredita que a empresa não conseguirá cumprir o contrato com a cidade dentro do prazo que termina em agosto de 2018.

JaneteVereadora Janete (PSD) – Parabenizou os aniversariantes da semana, os Vereadores Nêgo do Buriti, José Luis da Farmácia e Dona Maria Martins. Elogiou o tribuno pela sugestão de se transformar a ferrovia da cidade em algo turístico que incentive visitar a cidade e de se implantar o sistema bairro centro no transporte coletivo. Elogiou o projeto Transitolândia que trabalha educação no trânsito. Agradeceu Pádua Fernandes e Cláudia Machado pela realização do curso sobre Defesa Civil. Criticou o aumento no número de queimadas. Convocou a população para acompanhar a elaboração do orçamento. Afirmou que irá lutar pelo não fechamento de unidades de saúde. Criticou de maneira veemente o serviço prestado pela COPASA e afirmou que a empresa deveria indenizar os cidadãos que estão tendo gastos por causa da água suja e da falta de água.

César TarzanVereador César Tarzan (PP) – Destacou a presença dos moradores do bairro Jardinópolis na Câmara, em protesto contra a COPASA e o que também considera desrespeito com o município. Apresentou notícia onde destaca o crescimento do lucro da COPASA em 65% apenas no primeiro semestre de 2017 e disse que esse lucro vai crescer mais porque ela não presta serviço com qualidade. Afirmou que além da água suja, da falta de água e de não tratar o esgoto que a empresa também não fecha os buracos que abre nas ruas da cidade dentro dos prazos previstos em lei. Disse que chegou a hora de fazer um ato diferenciado com todas lideranças políticas protestando contra a empresa. Destacou a visita da diretora Denise e vice Simone, da escola do bairro Paraíso para apresentar o projeto de implantar na escola uma horta e jardim. Voltou a criticar a possibilidade do fim das séries iniciais na E.E. Lauro Epifânio. Afirmou que está encontrando dificuldades em se reunir com o Superintendente Regional de Saúde. Afirmou que fez um estudo que comprova que não existem vagas suficientes na região e vai denunciar o caso à Promotoria do Ministério Público.

MarcosVereador Marcos Vinícius (PROS) – Disse que a situação da COPASA já passou dos limites e que se tornou um desafio público para as autoridades da população. Afirmou que parece que está ocorrendo uma queda de braço e que alguém deve estar rindo da cidade por não conseguir resolver os problemas que hoje se tornaram uma situação desumana. Apresentou denúncias sobre possíveis práticas criminosas que estariam acontecendo no camelódromo de Divinópolis. Afirmou que a empresa tem em Divinópolis sua maior lucratividade e explora os rios sem nenhuma contrapartida. Afirmou que não acredita que as obras para tratamento de esgoto estarão concluídas até 2018. Afirmou que todas as lideranças devem se mobilizar para esta causa coletiva e afirmou que irá acionar o Ministério Público. Afirmou que irá na próxima reunião irá apresentar denúncia sobre práticas criminosas que estariam acontecendo no camelódromo de Divinópolis.

Adair OtavianoVereador Adair Otaviano (PMDB) – Destacou a presença dos moradores Jardinópolis em plenário que protestaram em nome de todos os divinopolitanos que passaram mais uma final de semana sem água e afirmou que em sua residência no bairro Nossa Senhora das Graças, desde sexta-feira, não tem água. Afirmou que foi pra casa do seu pai durante o final de semana para fazer higiene pessoal. Criticou a COPASA e disse que sendo o Vereador mais antigo da casa, teve a felicidade de dar seu voto contrário a entrega do esgoto para a empresa porque já sabia que esta desenvolvia um péssimo trabalho com a água. Afirmou que muitos dos que batem no peito dizendo que estão na Câmara representando o povo, no passado votaram em favor das grandes empresas. Acusou a empresa de ser irresponsável e que há alguns dias a cidade reclamava da água barrenta e fedorenta que até hoje não se sabe se era própria para consumo e deixou todos inseguros com seu consumo. Afirmou que a COPASA se esquivou de explicar o que aconteceu. Pouco tempo depois, neste fim de semana, a cidade agora foi atacada pela falta de água e que a empresa se defende afirmando que é problema nas bombas o que não concorda já que é serviço da empresa entregar água e ela não está entregando. Disse que a falta de água atingiu praticamente todos os bairros da cidade e mais uma vez destacou que todos os votos que deu na Câmara foram contra a COPASA. Afirmou que quem vende um produto e não entrega está roubando. Apresentou em plenário o contrato firmado com a empresa que favorável a ela e pouco para Divinópolis e que a mesma já passou dos limites. Pediu o Prefeito Galileu Machado para romper o contrato, dando um “pé no traseiro” da COPASA que já descumpriu diversas situações. Falou também sobre as propostas do Tribuno Israel de Castro, com as quais concorda onde defende o sistema bairro/centro no transporte e uso da ferrovia para o turismo. Encerrou parabenizando os moradores do Jardinópolis pelos quais também se sente representado.


registrado em: ,