Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Resumo da 80ª Reunião Ordinária de 26-12-2017

Resumo da 80ª Reunião Ordinária de 26-12-2017

por Diretoria de Comunicação publicado 26/12/2017 16h45, última modificação 28/12/2017 19h33

Vereador Kaboja:

Citando Ruy Barbosa, homenageou a vice-presidente do Sintram, Ivanete Ferreira, falecida nesta data. Comentou sobre o motivo de ainda não ter se iniciado o recesso parlamentar e discorreu sobre a lei que irá alterar os valores do IPTU, alegando que tal mudança irá prejudicar os empresários da cidade, principalmente os comerciantes do Centro, que pagam aluguél dos imóveis e também são responsáveis pelo pagamento do imposto. Sugeriu que a votação do projeto seja adiada para março, do próximo ano.

 

 

Vereador Dr. Delano:

Iniciou falando sobre o Projeto do IPTU, propondo a votação da matéria o mais breve e que cada um, vote conforme a consciência. Comentou que num total de 115.047 eleitores, 80 mil não votaram nos vereadores, que receberam só 36 mil votos, ou seja, menos da metade. Defendeu a importância da imprensa para a democracia. Lamentou a atitude de empresário que apontou dedo na “cara” do Vereador Ademir na reunião da última quinta-feira, por causa do Projeto do IPTU.

 

Vereador Edson Sousa:

Afirmou que o valor do IPTU de Divinópolis está 6.6 por cento a mais, numa média dentre as 100 maiores cidades de Minas e que irá votar contra a matéria. Criticou o site de notícias Divinews alegando que o mesmo recebeu grandes cifras de publicidade desta Câmara, mais que os demais veículos de comunicação e que seu proprietário quer ser o 18º vereador. Solicitou que a Mesa Diretora peça uma análise mental sua, para provar sua sanidade.

 

Vereador Ademir:

Agradeceu o apoio de todos, diante da agressão sofrida em plenário, por empresário desta cidade. Também agradeceu a Semusa pelo apoio a uma paciente, vítima de acidente de trânsito na estrada de Ermida.

 

 

Vereador Zé Luiz da Farmácia:

Disse que iria usar a Tribuna para agradecimentos. Ao Setor de Parque e Jardins, da Prefeitura, na pessoa do Servidor João Paulo. Também ao Setor de Transporte, por obras de tapa buracos na Av. Autorama, dentre outras vias. Agradeceu o apoio dos colegas vereadores no decorrer desse ano e a todos moradores pelas críticas e sugestões. Desejou a todos um 2018 com muito amor e prosperidade.

 

Vereador Sargento Elton:

Criticou o Governo de Minas por gastar milhões em mídia e não investir em melhorias para o povo, citando como exemplo, o não repasse de verbas da Saúde, destinadas à UPA de Divinópolis. Indagou o motivo da não votação da LOA até presente data. Sugeriu o georreferenciamento para se definir os reais valores da planta imobiliária do município. Reclamou que foi informado que o prefeito “irá fechar a torneira” para os vereadores contrários aos seus projetos. Disse que é um homem de fibra, que já trocou tiros com bandidos e que ninguém irá ferir sua ética.

 

Vereadora Janete:

Falou do Natal e da situação de carência de muitas crianças. Afirmou que tem trabalhado da melhor maneira possível, sempre em favor do povo e lamentou o protelação da votação da LOA. Assegurou que seu mandato é para servir a coletividade e pediu desculpas pelo que ela ainda não pode realizar.

 

Vereador Cleitinho:

Apoiou o Vereador Sargento Elton, sobre o fato do prefeito não atender o pedido dos vereadores antes da votação do projeto do IPTU, nem mesmo uma simples poda de árvore. Reclamou que não tem como se aumentar o valor de imposto antes do prefeito mostrar serviço. Afirmou que ele se sente como representante de todos os moradores, mesmo os que lhe são contrários. Defendeu o veredor Ademir que foi agredido por empresários na reunião da última quinta-feira. Disse que irá apresentar um projeto de lei assegurando que o salário do prefeito e secretários só poderá ser pago após o pagamento de todos os servidores.

 

Vereador Marcos Vinícius:

Manifestou solidariedade aos jornalistas que atuam em Divinópolis, lamentou que alguns tenham sido destratados na Câmara e pediu desculpas aos profissionais presentes. Também reclamou da agressão sofrida pelo Vereador Ademir, por empresários da cidade, na reunião da última quinta-feira. Defendeu a necessidade de se corrigir distorções nos valores da planta imobiliária do município, para que seja feita justiça social.

 

 

Vereador Adair:

Disse que é vereador por muitos anos e nunca votou matéria que seja contra o cidadão. Lamentou o fato dos Servidores da Prefeitura não terem recebido o 13º salário, assegurando que o prefeito não conseguiu realizar o pagamento, por ter que custear a UPA. Informou que parte do pagamento será realizada, ainda este ano. Informou que o governador de Minas não está repassando o valor devido aos municípios, o que está causando grande complicação financeira ao município de Divinópolis, faltando verba até para custear os salários. Sobre o projeto do IPTU, defendeu que todos devem votar a matéria, que irá trazer igualidade tributária. Comentou que visitou o SAMU, que atende a 54 municípios que compõe a macro-região de Divinópolis e elogiou os membros do Conselho do Consórcio Intermunicipal de Saúde Ampliada Oeste-Cis-urg, pela proposta de assumir o término do Hospital Regional de Divinópolis e garantir seu funcionamento. Encerrando, agradeceu ao prefeito Galileu por reparar as estradas rurais, especialmente as de Buritis, assegurando que as demais regiões da cidade, também serão beneficiadas.

 

 

VOTAÇÃO DE PROJETOS

 

APROVADO

PLEM 56/2017 - AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A ABRIR NA SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL, O CRÉDITO ADICIONAL SUPLEMENTAR NO MONTANTE DE R$642.453,39 (SEISCENTOS E QUARENTA E DOIS MIL, QUATROCENTOS E CINQUENTA E TRÊS REAIS E TRINTA E NOVE CENTAVOS).