Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Vereadores aprovam projeto que facilita instalação da Cruz de Todos os Povos

Vereadores aprovam projeto que facilita instalação da Cruz de Todos os Povos

por Diretoria de Comunicação — publicado 14/08/2017 14h15, última modificação 04/12/2017 18h04
Vereadores aprovam projeto que facilita instalação da Cruz de Todos os Povos

Cruz de Todos os Povos

A Câmara de Divinópolis aprovou o Projeto de Lei de autoria do Executivo Municipal de número 27 do ano de 2017 que inclui na Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Divinópolis a finalidade de também fomentar o turismo.

A proposta tem por objetivo tão-somente, uma mudança de nomenclatura, passando a Assessoria Especial de Desenvolvimento Econômico Sustentável a ser Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo. Na Gerência de Infraestrutura, Fomento e dos Centros Industriais será incluído o Turismo, como uma das atividades a serem por ela desempenhadas.

A alteração têm por finalidade atender a Portaria nº. 205/2015, do Ministério do Turismo, cujo objetivo primordial é a inclusão do Município de Divinópolis no chamado Mapa Turístico, possibilitando, desta forma, o recebimento do “ICMS Turístico”, bem como a captação de recursos federais com o objetivo de fomentar o turismo local, inclusive, permitindo a construção do acesso da “Cruz de Todos os Povos”.

A Cruz de Todos os Povos

Depois do Líbano e México, o Brasil terá a terceira Cruz de Todos os Povos, que deverá ser instalada em Divinópolis, em Ermida. Com 73,80 metros de altura e estrutura de metal, o monumento tem inauguração prevista para o segundo semestre de 2017. “A do Líbano, concluída em 2010, representa o Pai, a do México (2012), o Filho, e a de Divinópolis, o Espírito Santo”, explicou dom José Carlos, destacando a homenagem à Santíssima Trindade.

O local escolhido para receber a cruz no mundo, doada por uma associação francesa e com recursos de 10 mil pessoas de diversos países, é o Morro Gurita, ponto mais elevado do município. Alguns aspectos impressionaram os estrangeiros idealizadores do projeto: em primeiro lugar, o nome da cidade, que significa “Cidade do Divino Espírito Santo”, e, em segundo, a geografia da área urbana, semelhante a uma pomba em voo e também símbolo do padroeiro de Divinópolis.

ela terá duas vezes e meia a escultura do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, com 30m de corpo mais 8m de pedestal. Já as milhares de lâmpadas especiais que cobrirão a superfície, serão do tipo LED, brancas, com possibilidade de mudar de cor conforme a ocasião. 

A foto que ilustra esta matéria é a da Cruz de Todos os Povos, no Líbano.